O gato Exótico e seus possíveis problemas de saúde

Com 95 combinações de cores diferentes, o gato Exótico surgiu nos Estados Unidos para se parecer com o Persa. É meigo, dócil, ativo e por não ter o costume de miar, é uma ótima raça para apartamentos. Essa raça é nova e considerada rara no Brasil, pois os primeiros filhotes chegaram aqui apenas em 1980.

Infelizmente, essa raça acabou herdando algumas doenças do gato Persa e é disso que falaremos a seguir:

PKD

A doença renal policística (PKD) é um problema hereditário em felinos, onde formam diversos cistos no rim sem motivo aparente. Pode ser diagnosticada por exame próprio e ultrassonografia com no mínimo 5 meses de idade. Não há cura. Para o felino com PKD, é necessária uma dieta restrita de proteínas e fósforo, além do aumento de ômega 3 e potássio. Pode acontecer do pet ter hipertensão, nesse caso, deve ser controlado por medicamentos.

Perda de calor

Os pelos servem para equilibrar a temperatura corporal. Quando o felino tem, mas não consegue se manter estável, o uso de roupas e cobertores ajudam para que ele consiga uma maior estabilidade corporal. Existem rações com um valor energético maior que podem ajudar, pois, o calor também está associado à energia. Quanto mais energia gastar, mais calor corporal é liberado e, consequentemente, mais frio ao retornar à temperatura normal.

Neurologia

Nem sempre conseguirmos salvar nossos felinos. Infelizmente quando há um traumatismo craniano e formação de um coágulo, a chance de ocorrer uma paralisia é enorme. O tratamento é a remoção imediata desse coágulo, pois pode levar o pet a óbito.

A meningite felina também afeta o gato Exótico. Essa doença atinge a espinha dorsal e é causada por infecções que foram parcialmente curadas. O tratamento é mediante antibióticos, mas o pet pode acabar com sequelas.

A perda de equilíbrio ocorre quando há falta de vitaminas, problemas no canal auditivo ou lesões que não foram curadas. Para saber a causa real do problema, é necessário levar o pet ao veterinário e fazer exames laboratoriais.

Não se esqueça de que prevenir é o melhor, sempre!

Referências:
https://fofuxo.com.br/racas/gatos/exotico.html
http://www.portalpets.com.br/gatos/exotico/

Gato exótico


https://www.google.com.br/search?q=problemas+neurol%C3%B3gicos+gato+ex%C3%B3tico&ie=utf-8&oe=utf-8&client=firefox-b-ab&gws_rd=cr&ei=6hvdWOSpIYuiwgSizqbwDw
http://miaue.catsboard.com/t7-transtornos-mais-comuns-do-sistema-nervoso-do-gato

banner cta

Trackbacks & Pings

Deixe um comentário