Dermatite – Uma doença de pele comum nos cães

Em um de nossos posts, falamos sobre o Pug. Essa raça, assim como todos os cães de pelo curto ou com tendência de obesidade como o Bulldog Inglês, Francês e Americano, Pitbull e Dogue de Bordeaux podem desenvolver dermatite. É uma doença que exige paciência e muito cuidado para ser tratada e isso é o que explicaremos a seguir:

O que é a dermatite?

A dermatite é uma doença de pele. Assim, pode ocorrer devido a fatores genéticos (geralmente se manifestando entre 1 e 3 anos de idade) ou devido a fatores externos como pulgas e contato com substâncias químicas (shampoo, perfumes e entre outros).

A dermatite mais grave é a atópica, que é quando o animal reage alergicamente com os antígenos do próprio corpo, fazendo com que tenha alergia a tudo. Além disso, ela é crônica, ou seja, pode durar anos ou a vida toda.

Quais os sintomas?

Os sintomas são: coceira, espirros, corrimento nasal e olhos lacrimejantes. Se não for tratada desde o princípio, pode evoluir para escoriação, perda de pelo, descamação, crostas e infecção bacteriana.

Patinha de cão avermelhada por conta da dermatite

Na imagem temos um exemplo de dermatite em processo de evolução

Como é diagnosticada?

A doença é diagnosticada por meio do exame histopatológico, ou seja, o material é retirado para ser diagnosticado. A partir desse exame, pode-se identificar a origem e a gravidade da lesão, podendo assim, ser tratada com o medicamento necessário.

E o tratamento?

O tratamento é realizado através de medicamentos por via oral ou pomada.

Lembre-se que a prevenção é o ideal sempre!

Referências:
http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/dermatite-cachorro/
http://animais.culturamix.com/doencas/dermatite-canina-o-que-e-e-como-tratar
http://www.mundodastribos.com/dermatite-em-caes-sintomas-como-tratar.html
http://tudosobrecachorros.com.br/2013/12/dermatite-canina.html
banner cta

Deixe um comentário