Como garantir a saúde renal do seu cão?

A doença renal crônica é algo comum tanto em humanos como em cães, no caso dos pets não existe uma cura, mas há tratamentos que retardam a evolução e podem ajudar a diminuir o desconforto das dores que causam.

Mesmo não sendo algo anormal, essa doença teve um aumento de ocorrência. Especialistas associaram esse fato à frequência de doenças infecciosas e do carrapato, que sobrecarregam os rins do animal. O que reforça ainda mais a importância de manter o calendário de vacinação e desparasitação do pet em dia.

Existem dois tipos de doença renal crônica, ela pode ser congênita ou adquirida. No caso de congênita, ela não pode ser prevista, mas caso obtenha um diagnóstico precoce, é possível retardar seu avanço. Para evitar que a doença passe de geração em geração, o ideal é realizar uma castração no pet doente. Para os casos de doença adquirida, o melhor jeito de prevenir é manter a saúde em dia e realizando check-ups regulares.

A doença pode atingir qualquer animal, mas pets com idade mais avançada, acima de 8 anos, e cães da raça shih-tzu e o gato persa são predispostos a desenvolvê-la com mais frequência. Por isso, temos algumas dicas para ajudar a manter a saúde do seu pet em dia.

Exames regulares

É recomendável realizar exames de urina frequentes para obter um diagnóstico precoce de várias doenças renais e do trato urinário, para pets com mais de 5 anos o ideal é fazer os exames de 6 em 6 meses e anualmente em cães mais jovens.

Para pets que podem apresentar pré-disposição á doença, a ultrassonografia abdominal a cada seis meses também pode ajudar a ficar de olho na doença.

Observe a urina

A cor da urina do pet pode significar muitas coisas, uma urina muito transparente, amarelo-clara, escura demais ou com sangue não são  um bom sinal. Pets saudáveis possuem urina amarela.

Rações de qualidade

Rações de baixa qualidade podem aumentar as chances do cão, que já tem alguma propensão, a desenvolver o problema. Por isso, oferecer uma alimentação balanceada e de boa qualidade ajuda a prevenir a doença.

Para animais que já foram diagnosticados com a doença renal crônica, existem as rações terapêuticas, específicas para diferentes doenças, entre elas, a renal. Esse tipo de ração pode até mesmo diminuir a utilização de remédios.

Hidratação

A recomendação de tomar bastante água dada para nós pelos médicos, também vale para os pets. Ofereça sempre água fresca em vasilhas limpas e com frequência. O consumo de água ajuda os rins a funcionarem melhor, com isso evitam doenças e desconfortos.

Consulta com especialistas

Para os pets também existem médicos especializados em doenças específicas, assim como para os rins. Essas áreas com médicos especialistas podem oferecer tratamentos e alternativas melhores para o tratamento da doença. Algumas delas são a renoproteção, hemodiálise, cirurgia com microscópio, que permite a retirada de cálculos urinários, dietas com orientação de nutrólogo, entre outras.

Lembre-se, prevenir é o melhor sempre!

Simule aqui um Plano de Saúde para seu Pet!

Referência: Revista Cães & Cia, ed. 465, pág. 18.