fbpx
Nenhum comentário

Como ajudar a prevenir doenças renais em gatos

As doenças renais afetam 3 a cada 10 gatos, sendo uma das condições mais comuns entre os felinos. E assim como a maior parte das doenças, a prevenção é o melhor tratamento. Confira hoje como ajudar o seu bichano a ter menos risco de desenvolver um problema renal ao longo de sua vida! 

O que são as doenças renais? 

De maneira geral, as doenças renais ocorrem quando os rins do felino estão desregulados e perdem a capacidade de filtrar o sangue para eliminar substâncias nocivas ao organismo

Muitos tutores se perguntam como elas surgem e entende-se que as causas são diversas, desde infecções, traumas, doenças autoimunes, congênitas ou hereditárias, presença de parasitas, entre outras. Elas ainda podem ser classificadas em dois tipos: aguda e crônica. Quando há a perda de função temporária com possibilidade de recuperação, temos uma condição aguda. Já quando a enfermidade causa o comprometimento de mais de 75% do rim e não possui cura, ela é considerada crônica 

Como identificar sinais de doença renal nos felinos? 

São vários os sintomas que o gato pode apresentar, caso ele esteja sofrendo com uma doença renal. A raça, idade, o porte e estágio da doença podem influenciar diretamente em como ela se manifestará no organismo do bichinho. Então, fique atento ao aparecimento dos seguintes sinais: 

– Mudança na frequência urinária;

– Presença de sangue na urina; 

– Vômitos e diarreias; 

– Perda de peso expressiva e rápida; 

– Aumento no consumo de água;

– Mau hálito; 

– Apatia ou depressão;  

– Queda de pelos; 

– Dificuldade de se locomover; 

– Desidratação. 

Não espere, porém, o seu gatinho apresentar todos esses sintomas. No primeiro comportamento atípico do bichano, o leve imediatamente para consulta com o seu médico veterinário

Como prevenir o seu aparecimento ao longo da vida?

O acompanhamento de perto do comportamento do gato unido ao incentivo de hábitos saudáveis desde cedo em sua vida é o melhor caminho para prevenção das enfermidades renais.

Apesar de ser normal que as atividades dos rins fiquem mais lentas e prejudicadas ao longo dos anos, se o seu gato tiver uma rotina balanceada, as chances de ele desenvolver complicações por conta delas é mais baixa. Assim, desde cedo na vida do seu gatinho…  

  • Promova e fique de olho na sua hidratação; 
  • Faça check-ups e exames constantes; 
  • O incentive a ser ativo física e mentalmente; 
  • Garanta uma dieta balanceada, com menos sódio e adequada ao seu porte e faixa etária;

Quais são os tratamentos para gatos com problemas renais? 

Apesar dos cuidados preventivos, as enfermidades ainda podem acontecer. Assim, dependendo do estado da doença, os tratamentos indicados pelos veterinários vão variar. Porém, de maneira geral, as atividades indicadas para gatos que sofrem dessa condição são: 

  • Fluidoterapia para hidratação; 
  • Medicamentos para controle da perda de líquidos, enjoos e diarreia;
  • Dieta prescrita para não sobrecarregar os rins;
  • Antibióticos, caso haja infecção. 

Além disso, é importantíssimo garantir que o médico veterinário responsável pelo seu bichinho esteja o acompanhando de perto. Para isso, garanta um plano de saúde da Doutor Pet para ter acesso a todo o tratamento, sem sustos ou burocracias no processo. 

banner cta
você pode gostar também
Tags: , , , , , , , , ,

Mais postagens semelhantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu