Somali, conheça essa raça de gatos com aparência selvagem!

Os gatinhos Somalis possuem uma aparência bem exótica, com uma cauda exuberante, pelagem macia e aparência selvagem, ele lembra muito uma raposa. Essa raça tem a genética de um dos gatos mais antigos dos quais se tem registro na história. Eles se originaram do Abissínio, raça que foi levada do norte da África para a Inglaterra no século XIX, os quais alguns dizem serem os descendentes diretos dos gatos do antigo Egito.

A principal associação felina americana reconheceu a raça em 1979, já a europeia em 1981. No Brasil a raça surgiu em 2012, por isso ela ainda é pouco conhecida. Mas, mesmo sendo considerada rara em países como Austrália, Alemanha, Canada, Estados Unidos e em alguns países europeus, como Dinamarca e França, ela é bem difundida.

A pelagem dos Somalis com certeza é o maior diferencial da raça. A cauda não apresenta listras e tem sempre a ponta de cor mais escura, característica bastante comum em alguns animais selvagens, como coelho-do-mato, esquilo, lebre e raposa. Eles podem ser encontrados nas cores azul, canela, vermelho-alaranjado e marrom-alaranjado.

Podem pesar de 3 a 6 kg, sendo que o macho é maior que a fêmea. Com o corpo esbelto, elegante e ágil, os Somalis tem bastante facilidade nos saltos e corridas pela casa, atividades que o felino adora.

COMPORTAMENTO

O Somali é considerado um gatinho bastante carinhoso, receptivo, sociável e com um ótimo comportamento! Gosta de participar do dia a dia do seu tutor, mas não exige atenção o tempo todo e não é carente, sendo considerado muito independente. Gosta de ter seus momentos a sós, eles costumam eleger um local favorito na casa para ficar descansando por horas.

Ele é receptível com visitas e convive bem com outros animais, desde que a apresentação seja feita ao poucos. Por isso, são considerados gatinhos bem mansos e doces com desconhecidos. Alguns tutores relatam que, de tão afetuoso, ele se joga no chão de barriga pra cima para receber carinho.

Não faz bagunça e sabe respeitar os limites impostos pelo tutor, pois são bastante atentos e inteligentes, aprendem fácil qualquer regra e brincadeiras. Eles possuem uma energia moderada, por isso é importante enriquecer o ambiente com arranhadores, prateleiras, fontes para estimulá-lo a beber mais água, além de oferecer brinquedos.

SAÚDE

Os Somalis tem predisposição genética a atrofia progressiva da retina, complicação renal (PK – Deficiency) e insuficiência renal crônica, sendo que as duas primeiras podem ser detectadas através de exames.

A luxação de patela também pode ser um problema, mesmo não sendo algo específico da raça e comum em muitos felinos. É necessário um diagnóstico feito por um veterinário com exame clínico e, desde que não esteja a cima do peso, essa condição não compromete a qualidade de vida dos gatos.

Mesmo com uma pelagem diferenciada, os Somalis não exigem tanto cuidado com o pelo, apresentam pouca queda e uma escovação semanal é o suficiente.

Não se esqueça de que antes de adquirir um filhote, é necessário pesquisar sobre a raça, avaliar se é adequada ao ambiente da casa e ao estilo de vida da família.

Simule aqui um Plano de Saúde para seu Pet!

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Deixe um comentário