Seu pet tem medo de andar de carro?

Viajar é tudo de bom! Conhecer lugares novos, paisagens e culturas diferentes da sua é algo para se guardar nas fotos e na memória. Muitos tutores viajam com seus pets, outros não se sentem confortáveis, pois o pet não é acostumado a andar de carro e acaba passando mal ou tendo ataques de ansiedade/raiva. Tudo tem uma explicação! É normal o pet ter medo ou sentir enjoo em viagens de carro porque ele não foi condicionado a isso. Tudo é reversível e mostraremos a seguir como é possível que o pet viaje tranquilamente e isso vale para aquela ida ao veterinário e passeio no parque também!

Identifique o gatilho

Assim como os seres humanos, o cão também sente medo por um ou diversos fatores. Esses fatores podem ser alguma experiência ruim no passado que, ao entrar no carro, a torne um gatilho para a ansiedade em que o pet sente. O tutor deve passar segurança para que ele acostume e se sinta confortável.

Portanto, caso seu pet esteja andando de um lado para outro, babando muito e com a respiração ofegante, ele está se sentindo ansioso. Geralmente esse comportamento vem em decorrência de mal-estar que, no caso, é gerado em permanecer no carro.

Tudo começa aos poucos, tenha paciência!

Comece acostumando-o lentamente, a ponto que ele perceba que essa mudança foi natural. Uma técnica muito utilizada é o reforço positivo, toda a vez em que o pet acertar ganha uma recompensa, como um petisco. Todo o processo deve ser feito em etapas, que listaremos a seguir:

  • O carro não é inimigo

Criar associações positivas é um grande começo. Recepcionar algum membro da família no carro, ganhar petisco ou brincar perto do automóvel também ajuda! O objetivo é mostrar que não há nada de errado e que é um ambiente seguro desde o lado de fora.

  • Petiscos?

Esse exercício consiste em ensinar o pet a subir e descer do carro sem ajuda e acostumá-lo com o lugar que deverá ficar. Coloque um petisco no banco traseiro e abra a porta oposta, assim, ele terá que entrar por uma porta, pegar o petisco e sair pela outra! Quando ele acostumar, outro exercício é deixar o pet no automóvel no momento em que liga o carro, mas sem sair do lugar. Enquanto o pet estiver ali, recompense com carinho, petisco e palavras positivas!

  • Hora de passear!

Comece com pequenas voltas no quarteirão, sempre tomando cuidado com a velocidade para não assustá-lo! Não se esqueça de que nesse começo, o reforço positivo é importante! Aos poucos, vá aumentando os trajetos.

Caso seu pet sinta enjoos, leve ao médico veterinário! Ele irá indicar o remédio certo e lhe ensinará como administrar.

 Agora é só colocar as dicas em prática e por o pé na estrada!

Simule aqui um Plano de Saúde para seu Pet!


Referências: http://www.viajesim.com/2015/05/dicas-para-viajar-com-cachorro-de-carro.html

                         http://www.maxtotalalimentos.com.br/dica-cao/comportamento/como-acostumar-seu-cao-passeio-carro/

                         http://caoamor.blogspot.com.br/2011/03/como-acostumar-o-cao-andar-de-carro.html

                         http://meusanimais.com.br/como-ensinar-um-cachorro-a-viajar-de-carro/

                         http://www.naturalistotalalimentos.com.br/info/passear-de-carro-com-caes-como-acostuma-los/

                         http://caocidadao.com.br/dicas/caes-com-medo-de-carro-o-que-fazer/

                         Revista “Cães & Cia” edição de número 453, matéria “Como acabar com o medo de andar de carro”, páginas 40 e 41

banner cta

Deixe um comentário