Um gatinho de orelhas dobradas? Conheça o Scottish Fold

O Scottish Fold é uma raça com uma aparência bastante peculiar, suas orelhas curvadas para frente são o maior diferencial. Devido à grande exposição na mídia, por muitos artistas internacionais terem um gatinho Scottish, eles estão ficando cada vez mais populares, principalmente nos Estados Unidos e no Brasil.

Sua curiosa e fofa aparência, com as orelhas dobradas, surgiu naturalmente de uma mutação espontânea produzida por um gene dominante. Em 1961, em uma fazenda na Escócia, foi encontrada uma gata branca e seus filhotes com essa característica, o que chamou a atenção de um amante de gatos, que juntamente com um geneticista, conseguiram que esses exemplares tivessem mais ninhada, dando os primeiros passos para a raça de Folds.

Algo curioso sobre as orelhas desses gatinhos é que eles não nascem assim, elas vão ganhando forma conforme o felino vai crescendo. Ao nascer, todos possuem as orelhas retas, mas já na terceira ou quarta semana de vida elas começam a dobrar. Caso, mesmo após esse período, elas continuem retas, o gato é identificado como da raça Scottish Straight.

Geralmente os Scottishes são de porte médio, com o corpo bem redondinho e pelagem macia, podendo ser longa ou curta. É possível encontrá-los em diversas cores, mas a azul é a mais procurada pelos amantes dessa raça.

COMPORTAMENTO

O Scottish Fold é bastante apegado ao dono e está sempre o seguindo, por isso é considerado um ótimo companheiro. Mas, apesar de carinhosos, não são muito fãs de colo, não gostam que os agarrem e nem de ficar muito tempo abraçados.

Mesmo não sendo muito agitados, são brincalhões e convivem bem com crianças e outros pets, desde que acostumado já no início da vida. Apenas não são muito chegados a visitas, preferem se manter distantes, mas não são nem um pouco agressivos e fáceis de lidar.

SAÚDE

Apesar das orelhas com formato diferenciado, eles não costumam apresentar nenhuma doença auditiva e não exigem muitos cuidados. Apenas é recomendável limpá-las uma vez por semana, assim como a escovação dos pelos, para mantê-los sem nós e problemas de pele.

Mesmo o Scottish não apresentando muitos problemas de saúde, é necessário estar alerta a doenças comuns em gatos. Mantenha em dia os exames de PKD, Cardiomiopatia Hipertrófica (HCM), além de FIV (imunodeficiência felina) e da FeLV (leucemia felina).

Prevenir é o melhor sempre!

Simule aqui um Plano de Saúde para seu Pet!

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Referência: Revista Pulo do Gato, ed. 116, pág. 16.

banner cta

Deixe um comentário