fbpx
Nenhum comentário

Os cães realmente amam os seus tutores?

Que nós somos perdidamente apaixonados por nossos doguinhos, não é novidade para ninguém. Mas será que o sentido é recíproco?

Muito se discute sobre como os animais expressam as suas emoções… E o pet que absolutamente NINGUÉM tem dúvidas de que é capaz das mais diversas delas é o cão

Todos nós já presenciamos os doguinhos pulando de alegria quando ouvem a palavra “passear”, se escondendo de vergonha depois de estragar o chinelo do seu humano ou fazendo aqueles olhinhos pidões quando querem um petisco especial… Mas, algo que desconfiávamos, mas não sabíamos muito bem a resposta era: será que o amor faz parte das emoções que eles sentem? 

Também intrigados por essa questão, pesquisadores da Universidade de Emory avaliaram o cérebro “apaixonado” de cães em um estudo em que observavam as suas reações químicas a partir do olfato. Segundo eles, esse sentido seria a principal ferramenta de conexão dos cães ao sentimento do “amor”, porque ao identificarem o odor característico dos seus tutores, seus cérebros acionavam imediatamente a sensação de felicidade e recompensa. 

Essa resposta cerebral é também característica dos humanos quando nos reencontramos com alguém que amamos, indicando que, assim como nós possuímos reações físicas e fisiológicas quando gostamos muito de alguém, os cães também compartilham dessa maneira de amar. 

Dessa forma, SIM! O seu dog pode sim te amar e te ver como um verdadeiro membro de sua família também. Então, que tal retribuir todo esse amor para ele nesse Dia dos Namorados? A dica da Doutor Pet é preparar aquele date no parque com o seu dog, com direito a muitos petiscos, guloseimas e infinitos carinhos na barriga!   

banner cta
você pode gostar também
Tags: , , , , , , , , ,

Mais postagens semelhantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu