fbpx

Guia Básico para o seu Primeiro Filhote

Filhotes Fofos
Filhotes Fofos

 

Todo mundo se apaixona rapidamente pelo olhar encantador de um pet recém-nascido. Trata-se de uma experiência emocionante, ainda mais quando se é o tutor. Neste caso, seguir o guia básico para o seu primeiro filhote é fundamental para descobrir o que o pet precisa prestes a se desenvolver de forma saudável.

 

Pensando nisso, preparamos um texto cheio de informações importantes para te ajudar nesse momento. A dedicação é indispensável na hora de adestrar, alimentar, criar uma rotina e passear com seu cãozinho. Então, “pegue a caneta” e anote tudinho a fim de garantir uma vida incrível para seu melhor amigo!

 

1.  Avalie o ambiente antes de receber o filhote

Assim como os bebês, os cãezinhos estão na fase das descobertas. Uma etapa de muita energia, curiosidade e disposição para brincadeiras. No entanto, recomenda-se avaliar o ambiente antes de receber o filhote em casa. Lugar onde ele poderá se deparar com certos perigos. Como fios elétricos espalhados, produtos químicos de limpeza e objetos quebrados, por exemplo. Prepare o espaço com antecedência.

 

Se já escolheu o seu primeiro filhote, tenha certeza que a casa está prontinha para o início dessa jornada.

 

 

2.  Tenha um bom veterinário na sua lista telefônica

Plano de Saúde Dr Pet
Plano de Saúde Dr Pet

Nas situações de emergência, é essencial contar com especialistas, não é mesmo? Por este motivo, os tutores devem ter um bom veterinário na sua lista telefônica ou melhor ainda obter um plano de saúde pet. Além disso, todo dono deve dispor de auxílio profissional para saber o que fazer durante as primeiras semanas e meses.

O animalzinho precisa de acompanhamento para um dia a dia sadio.

 

Aconselha-se fazer um check-up assim que estiver com o pequeno nas primeiras vezes. Com o intuito de constatar doenças de nascença, estado físico e alimentação. Inclusive para conhecer a rotina de vacinação.

 

Nesta primeira consulta, vale a pena listar todas as dúvidas. Como por exemplo: o que dar de comer, como evitar parasitas e etc.

 

 

3.  Reserve um espaço de descanso

Talvez você conheça amigos que têm costume de pôr o cachorro dormindo na mesma cama. Tudo bem. Porém, a ideia não é das melhores. Ele necessita de um espaço próprio para descanso. Estamos falando de uma caminha confortável e aconchegante, ajudando-o a entender, desde o início, que pertence àquele lugar.

 

Quem mantém o pet dormindo por longos meses consigo na cama, pode influenciar diretamente no estado físico e mental dele. Visto que poderá desenvolver doenças ao perceber a rotina modificada repentinamente, por estar separado.

 

Invista em mantinhas macias; monte uma caminha personalizada para o seu primeiro filhote desfrutar boas noites de sono.

 

 

4.  Eduque-o desde cedo

Um dos grandes erros dos tutores de animais é não educar o filhote desde cedo (veja também: As 10 raças mais fáceis de adestrar). Indicando a ele, com dedicação e paciência, os locais apropriados para fazer xixi e cocô. Afinal, são habilidades tão importantes quanto ensiná-lo a sentar, brincar, entre outras coisas.

 

Ressaltamos ainda que os treinos devem ser realizados constantemente até que o cachorrinho pegue o jeito. O que leva aproximadamente entre 4 a 6 semanas para acontecer. Para isso, o planejamento de hábitos diários precisa ser colocado em prática. Leve-o para fazer suas necessidades:

 

  • No início do dia, após acordar;
  • Logo depois de suas refeições;
  • De uma em uma hora;
  • Antes de dormir;
  • Imediatamente depois de beber água.

 

 

5.  Adquira recipientes diferentes para água e ração

Pet Bowl
Pet Bowl

A fim de facilitar na hora da sede e das refeições, adquira recipientes diferentes para água e ração. Prefira peças que sejam de boa qualidade, que tenham resistência e durabilidade.

 

Outro ponto fundamental é pensar na funcionalidade do objeto. Estude as melhores alternativas para o seu primeiro filhote.

 

 

6.  Escolha a ração adequada para seu pet

Se alguém te falou que ao alimentar um cachorro qualquer ração serve, essa pessoa errou feio, viu? Especialmente quando tratamos da alimentação de um recém-nascido, o que requer conhecimento.

 

Lembre-se que o animal que está nessa fase necessita de nutrientes específicos, proteínas, vitaminas e cálcio. Sendo assim, aconselha-se ao tutor de filhotes comprar ração de qualidade. Considerando a idade, o porte físico e a raça do cãozinho. E claro, a palavra do veterinário, que revelará as principais necessidades do seu pet. Observando se está abaixo do peso, acima do peso ou com o comportamento influenciado pela alimentação.

 

Uma dica que pode ajudar na escolha, é conferir essa análise feita pelo site Amor aos Pets, especialista em review de produtos para cães e gatos.

 

Seu cachorro não está comendo?

 

Se mesmo depois de oferecer a comida indicada para o seu pequeno ele não comer, observe:

 

  • A possibilidade de haver insetos na ração;
  • O tempo em que a refeição fica exposta;
  • A acessibilidade do filhote ao conteúdo do recipiente;
  • O que diz o veterinário sobre isso;
  • A probabilidade de trocar de ração;
  • Se há sinais de alguma doença ou mudança de comportamento.

 

 

7.  Atente-se às vacinas

Todos os cãezinhos devem ser cuidados de forma especial. Por isso, atente-se às vacinas das quais ele precisa. Como é o caso da Polivalente V8, que o deixa imunizado contra doenças significativas (Leptospirose, Adenovirose, Hepatite Infecciosa Canina e etc).

 

Outras vacinas imprescindíveis são a da RAIVA e a de Vermifugação (de vermes).Todas elas têm espaço de tempo a ser respeitado.

Lembrando que em todos os planos Dr Pet há vacinas e reforços anuais disponíveis para o seu bichinho

 

 

8.  Socialize o seu filhote

Pet Brincando
Pet Brincando

A socialização dos cachorros é um passo importante para o comportamento em casa e em locais diferentes. Ensine-o a ser obediente, a brincar, a interagir com outras pessoas e animais.

 

Vale destacar que já no segundo mês de vida, o animalzinho se mostra mais receptivo com novos lugares e pessoas. Então, capriche nos momentos de lazer a fim de criar memórias e de socializar o seu filhote.

você pode gostar também
Tags: , , , ,

Mais postagens semelhantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu