Dálmatas: conheça mais sobre essa raça tão simpática!

A história de origem dessa raça ainda é desconhecida e gera conflitos: alguns reivindicam evidências encontradas no Egito Antigo outros na Grécia Antiga e outros na região de Dalmácia, na Croácia. Existem retratações de dálmata em pinturas feitas na Itália no século XVI. De certo, sabe-se que a origem da raça foi atribuída à nação europeia e que seus exemplares foram utilizados para guardar estábulos e escoltar carruagens como protetores e adornos da aristocracia, além de caçar pragas e pássaros e pastorear.

Características

Esse cão tem uma altura média e porte atlético, com músculos definidos, bastante força física e agilidade. Fisicamente podem atingir os 61 cm e pesar 25 kg. A cor da pelagem do dálmata é uma de suas características mais marcantes e a principal responsável por torna-lo tão famoso e admirado. Esse animal é sempre branco e possui manchas pretas ou marrons escuras espalhadas por todo o seu corpo, dando-lhe um ar simpático e diferente. Apesar de conseguir viver bem em temperaturas tanto mais altas quanto mais baixas, possui pelos curtos. Portanto, quando está fazendo muito frio, pode ser que haja a necessidade de colocar uma roupa no animal e certificar-se de que ele tenha um lugar coberto e protegido do vento para permanecer. Entre os principais problemas de saúde que podem acometer esta raça está a surdez.

 

Crédito: Instagram @khaleesi.django.dalmatian

A pelagem do Dálmata é sua assinatura. Crédito: instagram @khaleesi.django.dalmatian

Comportamento

A principal utilização dos Dálmatas é ser cão de companhia, pois possui extremo apego pelos donos, sentimento expressado pelo ato de seguir seus humanos pela casa: eles querem ser parte da família e participar das atividades. São cães ativos, equilibrados, inteligentes, dóceis e bonitos, se dão bem com crianças, idosos e outros animais da casa. É um excelente guarda costas, essa raça não late para qualquer coisa e avisa sobre a chegada de pessoas desconhecidas ou quando algo não está certo. O treinamento precoce vai garantir que o latido seja controlado e utilizado quando necessário e não para apenas chamar atenção.

 

Curiosidades

  • Nos anos de 1970 e 1980, foi uma das raças mais registradas no Brasil, por conta do lançamento da animação 101 Dalmatas da Disney;
  • Em 2017, a raça obteve 831 títulos em provas de obediência, rally, faro e agility, segundo os dados do Dalmation Club of America;
  • Adora brincadeiras aquáticas e ao lar livre;
  • Essa raça precisa de atividade para não se sentir entediado. Uma boa alternativa são os passeios, cuja frequência pode variar desde diariamente as finais de semana;
  • Eles gostam bastante de mastigar e por mais que você treine o animal desde cedo, ele ainda vai roer algum chinelo por aí. Fique atento!

 

REFERENCIA:

DÁLMATA: Bonito e cheio de entusiasmo. Revista Cães & Cia –  Ed. 475 – 02/2019

Top Cães. Edição especial revista Cães & Cia  – Ed. 7 – Anuário 2018

Site: Raça de Cachorros – Dálmatas (https://www.racasdecachorro.com.br/dalmata) –  Acesso em 21/03/2019

Site: Tudo sobre cachorros – Dálmatas (https://tudosobrecachorros.com.br/dalmata/) – Acesso em 21/03/2019

 

Simule aqui um Plano de Saúde para seu Pet!

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: