Conheça o dócil e sociável Sagrado da Birmânia!

Os felinos costumam ter histórias interessantes sobre sua origem: o Sagrado da Birmânia é um deles. Existem muitos contos, mas um deles diz a lenda que existiam gatos totalmente brancos de pelo e cauda longas que ficavam no templo de um monge. Após o assassinado dele por invasores, numa atitude de defesa, um dos gatos pulou em cima de seu dono para que nada de ruim acontecesse. Após esse dia, a coloração dele e de todos os outros gatos se tornaram mais escuras e só as patas brancas. Assim, foi criado o Sagrado da Birmânia.

Saindo um pouco dos contos, essa raça é muito dócil e companheira, se relaciona bem com outros pets e tem um nível alto de inteligência. Pode ter problemas psicológicos, renais e cardíacos.

Cardíaco

A Cardiomiopatia Hipertrófica é o aumento da espessura do miocárdio. Ao aumentar, o sangue fica sem espaço para circular, ocorrendo a diminuição da passagem de sangue pelo ventrículo. Pode evoluir para um edema pulmonar. Os sintomas são: dificuldade respiratória, redução das atividades diárias, falta de apetite e coágulos dentro do coração, obstruindo as artérias.

Para diagnosticar é necessária realização de exames laboratoriais, ecocardiograma, eletrocardiograma e radiografia. O tratamento é o controle por medicamentos, pericardiocentese / toracocentese (cirurgia para a drenagem de líquido no coração) e oxigenoterapia.

Psicológico

Atualmente, as doenças psicológicas passaram a se tornar mais frequente em pets. A perda de alguém querido, muito tempo sem ver o tutor e mudanças brutas de rotina ou de ambiente podem ser um dos agentes causadores. Não há uma cura específica porque muitas vezes o tutor não consegue ver os sintomas para poder ser diagnosticado, mas pode ser evitada com muita brincadeira e dieta balanceada.

Renal

Geralmente os felinos não costumam ingerir muita água, sendo assim, acabam desenvolvendo muitas doenças renais. No Sagrado da Birmânia, o comum é a formação de cálculos renais. Os sintomas são: sangue na urina, dificuldade ao urinar ou urinar frequentemente e urinar no local errado. O tratamento pode ser feitos com antibióticos, intervenção cirúrgica ou mudança na dieta.

Lembre-se que prevenir é o ideal sempre!

Referências: http://www.adimaxpet.com.br/noticias/racas/o-sagrado-da-birmania-e-seus-misterios
                       http://www.cachorrogato.com.br/racas-gatos/sagrado-birmania/
                       http://www.blogdogato.com.br/gatos/racas/sagrado-da-birmania/
                       http://www.cachorrogato.com.br/gato/depressao-felina/
                       http://petspoint.com.br/depressao-felina-como-identificar-e-tratar/

 

Simule aqui um Plano de Saúde para seu Pet!


banner cta

Deixe um comentário