fbpx

Como prevenir seu pet contra cáries?

Cãozinho mordendo escova

A cárie é um processo de perda de minerais na estrutura dentária, fazendo com que o dente se descame, podendo chegar a uma extração. Por incrível que pareça, a doença que chegou a afetar muito os seres humanos, nos cães, chega a menos de 5%. E por ser considerada menos frequente, muitos tutores não se preocupam, mas é preciso estar atento sempre!

Diferente dos humanos, nos cães não é possível identificar nos estágios iniciais. Isso acontece porque o esmalte canino é mais fino que o humano, fazendo com que esse processo ocorra de uma forma muito rápida atingindo a segunda camada do dente (dentina).

Causas da cárie

Essa perda de minerais acontece quando as bactérias presentes no dente geram a fermentação de carboidratos solúveis, como o açúcar por exemplo. Causas que auxiliam no desenvolvimento de cáries, são:

  • Predisposição genética;
  • Bactérias que geram a cárie (dentre elas as mais famosas são a Streptococcus spp e Streptococcus mutans);
  • Alteração de pH quando o cão começa a comer (de 7,5 passa para 5,5);
  • Falta de higienização.

Forma de prevenção

A forma de prevenção se resume em escovação. Se você quer ter certeza de que seu cachorro não está com cárie, o que pode ajudar nessa descoberta é a radiografia. Caso o exame seja positivo, ela vai mostrar o quão perto a cárie está do centro do dente (canal pulpar).

Lembre-se que a prevenção é o ideal sempre!


Quer saber mais sobre o mundo pet?

Assine a nossa newsletter.


 

[su_accordion][su_spoiler title=”Referência:” open=”no” style=”default” icon=”plus” anchor=”” class=””]Revista Nosso Clínico, ed. 112, pág. 6 à 12.[/su_spoiler][/su_accordion]

você pode gostar também
Tags: , , , ,

Mais postagens semelhantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu