Como manter seu gato bem limpo

Mesmo sabendo que os felinos são super limpos e estão se lambendo a todo momento, é necessário estar atento a higiene de certas regiões que eles não conseguem limpar. Como andam a higiene das unhas e orelhas do seu gatinho, por exemplo? Veja 5 dicas para você manter seu gato limpo e saudável.

Banho de gato? Nem pensar!

Você com certeza já deve ter ouvido que gatos não gostam de banho, certo? Mas na verdade muitos adoram água sim e precisam tomar banhos regulares, dependendo da raça.

Devido à oleosidade produzida por animais de pelos longos, esses precisam de banho a cada 15 dias, ao contrário daqueles com pelos curtos que podem ser banhados uma vez por mês.

Você deve estar pensando que então os gatos que possuem pouco ou nenhum pelo não precisam de banho. ERRADO! A gordura produzida pela pele dos gatos, que normalmente se espalharia sobre os fios nos gatinhos mais peludos, fica bastante grudada na pele e visível, os deixando encardidos e bem oleosos. Por isso, eles precisam de banhos semanais e com produtos neutros para não agredir a pele, que é bem sensível.

Escovação

Todos os tutores de gatos sabem como é importante manter os pelos dos felinos escovados, tanto pela estética como pela saúde do pet. Para a escovação ser realizada de maneira correta é necessário caprichar no banho e identificar qual produto é o ideal para a pelagem do seu gato.

Nos gatos de pelo curto, por exemplo, por terem a pelagem mais grossa é necessário usar pentes com as cerdas bem juntas para pegar o pelo com facilidade.

Não se esqueça! A escovação correta com o utensilio certo ajuda a diminuir a quantidade a queda de pelos pela casa. Alguns tutores optam pela tosa também, mas o ideal é não deixar os pelos muito baixos para evitar atritos e coceira na pele do gatinho.

Fazendo a unhas

Está cansado de ver seus móveis estragados e arranhados? Cortar as unhas do felino a cada semana, além de ser importante para a saúde, evita que ele as desgaste em lugares proibidos.

A não ser que seu gatinho tenha acesso a rua, assim elas se desgatam naturalmente conforme ele anda em pisos mais ásperos, assim ele pode escalar lugares altos sem problemas e permite que se defenda caso necessário.

Para as raças de gato sem pelo, a oleosidade excessiva da pele também afeta as unhas, que acabam acumulando mais gordura. Se for o caso, é permito usar um demaquilante, com ajuda de um algodão, para retirar a camada mais grossa da sujeira.

Cuidado com os olhos

Gatinhos com focinho curto apresentam alterações nos ductos lacrimais e dobras na laterais do nariz, por isso precisam de atenção redobrada na área dos olhos. A limpeza deve ser feita semanalmente ou a cada dois dias, com um algodão com água morna e cuidado para não deixar a região úmida, ela deve ser bem seca para evitar a proliferação de fungos.

Orelhas limpas

Assim como nas unhas, gatos sem pelo produzem mais secreções nas orelhas, que deve ser limpa adequadamente para evitar o acumulo. Use um algodão umedecido com produtos veterinários específicos, não coloque nada na parte interna da orelha no animal, a limpeza deve ser feita apenas na parte externa!

Simule aqui um Plano de Saúde para seu Pet!

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Referência: Revista Pulo do Gato, ed. 118, pág. 30.

banner cta

Deixe um comentário