Cardiomiopatia Hipertrófica: O que é, quais os sintomas e como prevenir?

Uma das doenças cardíacas que mais atingem os gatos é chamada de Cardiomiopatia Hipertrófica. Ela é definida pelo espessamento das paredes do coração, isto é, gradativamente, a parede do coração dos gatinhos vai se espessando e, consequentemente a parte interna do coração fica com um espaço menor para a passagem do sangue, em alguns casos o espessamento pode ocorrer no septo, que é a musculatura interna que separa os lados do coração.

SINTOMAS

Enquanto alguns gatos apresentam cansaço, fraqueza e a dificuldade respiratória, outros podem ter desmaios ou até mesmo a morte súbita. Os gatos cardiopatas são muito mais discretos em manifestar os sintomas do que os cachorros.

DIAGNÓSTICO

Para diagnosticar essa doença é realizado um exame ultrassonográfico do coração ou um ecocardiograma, sendo essas umas das principais formas de diagnosticar a cardiomiopatia hipertrófica, mas radiografias do tórax e eletrocardiograma são importantes para verificar a existência de outros problemas gerados por causa dessa doença.

TRATAMENTO

Não existe cura para cardiomiopatia hipertrófica nos gatos e o tratamento é feito para aliviar as consequências da doença. O veterinário pode prescrever medicações para diminuir a frequência cardíaca, facilitar o esvaziamento do coração, prevenir a formação de trombos, controlar arritmias e a hipertensão arterial. Se o felino apresenta acúmulo de líquidos no tórax, ele deve ser drenado com certa frequência e algumas medicações também ajudam na prevenção da efusão.  É importante que o tutor saiba que os exames de controle da doença são fundamentais com uma determinada frequência.

Lembre-se, prevenir é o melhor sempre! <3

Referência: http://portalmedicinafelina.com.br/doenca-cardiaca-nos-gatos/

Simule aqui um Plano de Saúde para seu Pet!


banner cta

One Response to “Cardiomiopatia Hipertrófica: O que é, quais os sintomas e como prevenir?

Deixe um comentário