Calendário de Vacinas dos Cães

Uma dúvida recorrente entre os tutores de pets é quanto ao calendário de vacinação. Com ela, além de garantir a imunização do pet contra as principais doenças, é um método eficaz para prevenir de diversas enfermidades. Para garantir a saúde do seu amigo, a médio e longo prazo, mantenha um calendário de vacinas em dia. 

O calendário de vacinação dos cães difere do calendário dos felinos. Caso esteja procurando sobre a vacinação de gatos, confira esse post. Pensando nessas dúvidas mais frequentes, preparamos um guia com as principais vacinas a serem tomadas e periodicidade correta.

Por que é importante vacinar seu pet?

A vacinação tem como objetivo gerar um primeiro contato do sistema imunológico do pet com o patógeno da doença ou vírus, fazendo com o organismo do pet crie sua memória imunitária, abrandando sintomas e evitando complicações caso o pet entre em contato com esse patógeno futuramente. Em alguns casos, depende dos fabricantes, a vacina imuniza completamente pelo período indicado. 

Quais são as vacinas essenciais?

As primeiras doses a serem dadas são das vacinas que previnem doenças fatais e contra zoonoses. Como exemplo a cinomose, giardíase, parvovirose e a raiva. 

As primeiras vacinas indicadas para os cães são:

    •  V8: protege o pet contra a cinomose, parvovirose, adenovirose tipo 2, parainfluenza, hepatite infecciosa canina, coronavirose e dois tipos de leptospirose (Leptospira Canicola e a Leptospira Icterohahemorrhagiae);
    • V10: essa vacina engloba toda a cobertura da V8 e mais dois tipos de antígenos para leptospirose ( Leptospira Grippotyphosa e Leptospira Pomona);
    • Antirrábica: é a vacina contra a raiva. É comumente oferecida nas campanhas municipais.
Confira também: Entenda a diferença das Vacinas V8 e V10

Quando devo dar as primeiras doses?

O ideal é vacinar o pet ainda filhote, entre a sexta e a oitava semanas de vida. Após receber as vacinas obrigatórias, o veterinário responsável de estabelecer um calendário de vacinação mais indicado para o filhote, que irá variar de acordo com o estilo de vida e o ambiente onde o cão irá viver.

Após receber as primeiras doses, o pet deve receber injeções de reforço, de acordo com a programação abaixo: 

De 11 a 13 semanas de vida:

    • Cinomose canina;
    • Hepatite infecciosa;
    • Parvovírus canino.

De 15 a 17 semanas:

    • Leptospirose;
    • Raiva.

A partir do 15° mes:

    • Cinomose canina;
    • Hepatite infecciosa;
    • Parvovírus canino;
    • Leptospirose;
    • Raiva.

Quais vacinas são anuais?

Para manter seu pet protegido e a saúde em dia, você deve realizar a vacinação anualmente, sendo elas: Leptospirose, Raiva,Parvovírus canino, Cinomose canina e  Hepatite infecciosa.

 

Não sei se meu pet já foi vacinado, o que fazer?

No caso de cães adotados, por exemplo, pets que vem da rua ou adultos, o recomendado é aplicar três doses das vacinas polivalentes (V8 ou V10) e uma dose da vacina antirrábica.

É obrigatório vacinar meu cachorro?

Na legislação brasileira, a única vacina obrigatória é a antirrábica, por se tratar de uma zoonose. Porém, caso você queira viajar com seu cão, você deve apresentar a carteira de vacinação com todas as vacinas em dia.

 


O melhor cuidado é a prevenção! 

Simule um plano de saúde da Dr Pet para seu pet.

    captcha


     

    Referências:

    https://www.royalcanin.com/br/dogs/puppy/dog-vaccination-schedule

    https://love.doghero.com.br/saude/vacina-de-cachorro/

    https://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/mundo-pet/noticia/saiba-quais-sao-as-vacinas-necessarias-para-caes-e-gatos.ghtml

    banner cta

    Deixe um comentário