Bull Terrier – Esse cão é pura diversão

Alguns filmes e desenhos, como Toy Story, por exemplo, representam o Bull Terrier de forma agressiva, mas apesar da sua aparência forte e robusta eles são extremamente brincalhões e dóceis.

Na Europa do século XIX, era comum haver brigas entre Bulldogs e touros para entretenimento. Para deixar essas lutas mais emocionantes os organizadores decidiram criar uma raça de cão que fosse mais agressiva e ágil.

Assim, fizeram o cruzamento entre o Bulldog e o Terrier, dando origem ao Bull Terrier. Com o tempo, eles saíram dos ringues para se tornarem companheiros dos cavalheiros da época, com isso aumentando sua popularidade.

Bull Terrier preto e branco correndo no campo

Foto de William Nettmann no Unsplash

Aparência

Tem uma aparência um tanto exótica devido ao formato da sua cabeça e pelo olho pequeno e puxado. Essa raça pode viver até os 15 anos, chegando a pesar 40 kg e medir 56 cm. Seu pelo é bem curto e liso, podendo ser encontrado nas cores: malhado, malhado preto, marrom, tricolor e, a mais conhecida e procurada: branca.

Comportamento

Os Bull Terriers gostam bastante de brincar, são cheios de energia, por isso, precisam fazer exercícios constantemente. O ideal é fazer parte de uma família bem ativa, pois essa raça gosta muito de correr e precisa liberar toda sua energia para não deixar a casa de pernas para o ar!

Ele é muito apegado ao tutor, gosta de estar sempre junto e fica triste quando está sozinho. Convive facilmente com outros animais e crianças, mas com crianças pequenas é necessário ficar de olho, porque eles costumam ser um pouco brutos e não têm noção da força que possuem.

Contudo, é importante acostumá-los desde pequenos, por serem um pouco teimosos, são mais difíceis de ensinar, por isso o ideal é adestrá-los o mais cedo possível. Lembrando que, por terem uma personalidade forte, o tutor precisa ser firme, se não ele fará suas próprias regras.

Saúde

Como podemos ver em todas as raças, o Bull Terrier pode apresentar algumas doenças específicas. Eles podem sofrer de problemas nos rins, luxação da patela, problemas cardíacos e é comum que os de cor branca desenvolva surdez.

Além dos problemas causados por patologias, é necessário estar alerta quando precisar deixar seu pet sozinho, eles adoram mastigar coisas, o que pode ocasionar bloqueios gastrointestinais. Esses bloqueios geralmente são descobertos tarde demais e podem levar ao óbito.

Faça visitas frequentes ao veterinário para identificar possíveis problemas. Lembre-se que prevenir é o melhor sempre! 

Referências:

Bull Terrier


http://tudosobrecachorros.com.br/bull-terrier/

banner cta

Deixe um comentário