Como os pets ajudam na saúde mental e no dia-a-dia dos tutores

Não é novidade para ninguém que o convívio com pets faz bem à saúde, tendo impacto direto em nossa qualidade de vida. Nos últimos anos, cientistas vêm pesquisando cada vez mais os benefícios dos pets em nossa rotina, relatando uma significante melhora psicológica e emocional em pacientes com doenças físicas e mentais. Isto deve-se ao fato de que cada vez mais, os animais são considerados membros da família, sendo parte essencial da rotina da casa e da nossa vida.

Gato listrado deitado

Imagem por Unsplash                                                                        

Estudos publicados no American Journal of Cardiology comprovam a presença do pet induz a realização de atividade física, como exemplo realizar passeios diários, resultando na diminuição dos níveis de estresse e da pressão arterial, diminuindo as chances do desenvolvimento de problemas cardíacos. Com relação aos benefícios emocionais, eles incluem uma diminuição significante de distúrbios psicológicos, reduzindo o sentimento de solidão e ansiedade, aumentando os sentimentos de intimidade e companheirismo.

Gato listrado deitado

Imagem por Unsplash

Por possuírem o olfato mais apurado, alguns animais como cães e gatos são capazes de perceber as alterações químicas que ocorrem em nosso organismo percebendo nosso humor e alterações em nossa saúde. Também capazes de reconhecer nossa linguagem corporal e através dela interpretar nosso estado de espírito.

É fato que conviver com animais traz alegria e bem-estar, deixando nossa rotina mais leve e reconfortante. E fica a pergunta, já brincou com seu pet hoje?

 


Quer saber mais sobre o mundo pet?

Assine a nossa newsletter.

 


 

Referências:

Convivência com animais de estimação: um estudo fenomenológico (link)

Aspectos psicológicos na interação homem – animal de estimação (link)

Veja: Quer viver mais? Adote um cachorro, diz estudo (link)

Deixe um comentário