Artista russa faz releitura de quadros usando seu gato gordo como inspiração

O miado (quadro O Grito de Edvard Munch)

O miado (quadro O Grito de Edvard Munch)

Uma obra de arte sempre nos faz pensar diferente e refletir a realidade, mas quem pensou diferente mesmo foi Svetlana Petrova, artista russa, que fez algo já tão belo ganhar vida, ou melhor, 7 vidas.

Seu gatinho ruivo, Zarathustra, de apenas 10 kilos, é a inspiração. Ela ganhou o bichano como herança, após a morte de sua mãe, em 2008.

Entrevistada pela revista Pulo do Gato, a russa conta que seu gato Zarathustra e esse trabalho a salvaram da depressão, e que o felino é uma memória viva de sua mãe.

Svetlana Petrova é autora do projeto Fat Cat Art, em tradução livre, arte do gato gordo. A sugestão do projeto veio de uma amiga. Após ouvir a idéia, Svetlana fez uma sessão de fotos do gato e no Photoshop incluiu Zarathustra na pintura Danaê, de Rembrandt.

A arte do gato gordo

Agora entendemos porque Mona Lisa sorri na foto

Agora entendemos porque Mona Lisa sorri na foto

“Fiz isso em mais quatro pinturas clássicas e enviei para alguns amigos, artistas e galerias, apenas para ver a reação. Nunca antes eu havia visto senhoras sérias chorando de rir. Isso me encorajou e lancei o site FatCatArt.com”, comenta à revista Pulo do Gato.

Petrova diz, que além do sucesso nas redes sociais, essas releituras chegaram a galerias do Reino Unido, Rússia e Singapura.

No entanto, Petrova diz que o gato é o verdadeiro artista e a empresta a beleza para usar suas habilidades. Em seu projeto FatCatArt.com você pode comprar pinturas digitais, gravuras assinadas e pôsteres da coleção do projeto e inclusive o projeto já possui um livro com mais de 150 obras compiladas.

Zarathustra deu um toque de fofura já para diversas obras, inclusive a famosa obra de arte de Leonardo da Vinci, Mona Lisa.

Como funciona o processo

Não é apenas tirar a foto do gato e inclui-lo no software de edição, o trabalho é mais complexo. Primeiro Petrova tira a foto do bichano de acordo com as figuras que ela vai substituir na foto. Depois disso, é impresso a obra original em tela natural. Por fim, ela pinta o seu gato sobre essa imagem, de acordo com o tom que o artista usou na obra original.

Zarathustra foi o único que conseguiu sentir o cheiro das flores do quadro Sunflowers de Van Gogh

Zarathustra foi o único que conseguiu sentir o cheiro das flores do quadro Sunflowers de Van Gogh

Zarathustra aproveita o conforto e descansa na pintura Flaming June de Sir Frederic Leighto

Zarathustra aproveita o conforto e descansa na pintura Flaming June de Sir Frederic Leighto

Diversas releituras dessas obras também já foram feitas. Mas você já tinha imaginado algo tão fofo e original assim?

Simule aqui um Plano de Saúde para seu Pet!

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Referência: Revista Pulo do Gato, ed. 131, pág. 30.

 

Deixe um comentário