Porque meu cão está agindo errado?

Os cães aos poucos se tornaram muito mais do que um animal de estimação, atualmente, são considerados filhos. Essa inversão de valores, como já explicamos na matéria sobre humanização felina (que também serve como parâmetro para cães), faz perceber o quão importante é entender e compreender o comportamento canino. Então, vamos conhecer melhor nossos pets?

Meu Poodle se comporta como Pit Bull!

Sabemos que para cada raça há um comportamento predeterminante, mas para tudo há uma exceção. O temperamento do cão muda conforme o meio onde convive e temperamento dos tutores, ou seja, pode acontecer de raças que tendem a ser calmas terem o comportamento agressivo e raças que tendem a ser agressivas serem calmas.

Pode ocorrer de cães de raças distintas serem iguais no comportamento. Isso acontece geralmente quando moram na mesma casa, pois convivem com os mesmos tutores, no mesmo ambiente e tendem a brincar juntos.

Descubra o comportamento o quanto antes!

Ao adotar ou comprar um pet, preste atenção em seu comportamento desde o começo! Pesquise sobre a raça e doenças predispostas, pois o quanto antes você descobrir, mais fácil e rápido será para corrigir. Um adestrador nos primeiros anos de vida seria o ideal, assim, a chance do comportamento errado voltar é menor, além de evitar os problemas futuros tanto para o cão quanto para a família.

Adestrar é realmente importante?

Precisamos deixar claro que todos os cães podem ser adestrados, indiferente da idade, tamanho ou raça. Sabe-se aos 2 anos de idade o cão consegue aprender os comandos de uma forma mais rápida, mas não impede um cão idoso de ser adestrado e corresponder da mesma forma que o filhote.

É possível o próprio tutor adestrar o pet? Claro que sim! Mas é necessária muita paciência e jeito. Para um bom aprendizado, deve-se dedicar no mínimo meia hora, duas vezes por semana para adestrá-lo.

Saúde, conforto e segurança para o tutor e seu pet são o mais importante. Não esqueça de ficar de olho no comportamento para que não se transforme em vício. Prevenir é o melhor, sempre!

Referências:
Revista Especivet, ed. 1, pág. 14 e 15.
http://tudosobrecachorros.com.br/medo-de-estranhos/
https://fofuxo.com.br/adestramento/saiba-cachorro-late-visitas.html
http://omundopet.blogspot.com.br/2011/02/meu-cachorro-nao-gosta-de-estranhos-e.html
www.caes.topartigos.com/comportamento-do-cao-estranho.html
http://www.dogtimes.com.br/adestramento7.htm
www.petanjo.com/blog/seu-cachorro-morde-as-visitas/
http://movimentoanimal.blogspot.com.br/2011/10/seu-cao-esta-agindo-de-forma-estranha.html
www.clubeparacachorros.com.br/comportamento/importancia-adestramento/
http://revistavivasaude.uol.com.br/familia/entenda-a-importancia-do-adestramento-para-caes/2010/#

banner cta

One Response to “Porque meu cão está agindo errado?

Deixe um comentário